Mama (mamoplastia de aumento e redutora, lifting de mama)

Mamoplastias

A mamoplastia de aumento é sem dúvida o procedimento mais procurado e realizado no Brasil, segundo dados da SBCP (Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica) em 2017 foram mais de 500 mil cirurgias para colocação de prótese de silicone nas mamas!

E a procura não para de crescer.

As mulheres procuram este procedimento por diversos motivos, e o que vemos depois da cirurgia são pacientes mais felizes e confiantes, com uma melhor autoestima, pois conseguiram realizar um sonho.

Atualmente a técnica cirúrgica permite um menor tempo de recuperação, com uma cirurgia mais rápida e um pós-operatório mais seguro e confortável para as pacientes, explica o Dr. Antonio Marcio, que já realizou o procedimento centenas de vezes.

O médico explica que é muito importante a avaliação criteriosa do cirurgião plástico, para atestar ser a paciente tem ou não indicação para o procedimento, garantindo assim mais confiabilidade e eficácia.

Entenda a Mamoplastia

Como Escolher a Prótese de Silicone

Existem muitos modelos, tamanhos e tipos de próteses de silicone, essa escolha será feita juntamente com o médico, que através de experiência, técnica, considerando o corpo e o desejo da paciente, irá indicar o modelo mais adequado.

O Dr. Antonio Marcio diz que essa fase é muito importante e vários itens serão avaliados, é importante unificar a expectativa da paciente com a realidade do seu corpo, visando um resultado estético harmonioso e natural, que combine com a paciente e a deixe satisfeita com o resultado final.

Existem três variações que devem ser observadas para a escolha da prótese de silicone:

Forma da Prótese

Basicamente existem três formatos de prótese de silicone: Redonda, Cônica e Anatômica, cada formato tem seu tipo de indicação, de acordo com o biótipo da paciente, características da pele, medida do tórax, peso e tipo físico.

Projeção de Perfil

Depois dos formatos as próteses possuem o quesito de projeção, que está relacionado ao quanto a prótese deixa os seios com aspecto mais projetado “mais para frente”, neste caso são três opções; perfil baixo (menor projeção), perfil médio ( projeção mediana) e perfil alto (maior projeção).

Tamanho da Prótese

O tamanho está relacionado com a altura e peso da paciente, a escolha do tamanho deve observar critérios técnicos, estéticos e o desejo da paciente, para chegar em um denominador comum, ou seja, uma prótese de 200 ml pode ficar boa em determinada paciente, e um tamanho de 400 ml pode não ficar adequado.

Local de Colocação da Prótese de Silicone

A anatomia do corpo de cada pessoa é diferente, a pele, quantidade de músculos ou gordura na região das mamas também variam bastante e, de acordo com essas características, será escolhido o melhor local de implante da prótese de silicone, existem 4 opções que são:

  1. Abaixo da glândula mamária – Subglandular
  2. Abaixo da fáscia do músculo peitoral – Subfascial
  3. Abaixo do músculo (submuscular ou retropeitoral)
  4. Metade abaixo da glândula e metade abaixo do músculo -Dual plane

Subglandular – Essa posição indica que a prótese de silicone será colocada entre o tecido mamário e o muscular peitoral maior, esse é um dos planos mais utilizados, mas não é muito indicado para pacientes magras, com pouco tecido mamário, pois pode marcar o silicone, ficando menos natural, mas para a maioria das pacientes este plano fica bem natural e bonito.

Subsfacial – Neste caso o silicone é colocado na posição subglandular, abaixo da fáscia do músculo peitoral, que é uma membrana fina que envolve o músculo.

Submuscular – Esse plano é o mais utilizado depois do plano Subglandular. Pacientes que são magras podem se beneficiar deste plano, também é indicado para pacientes que desenvolverem contratura capsular e precisam trocar de plano, pacientes com histórico familiar de câncer, por que precisam de uma barreira entre a glândula mamária e prótese, pois poderá precisar de eventuais punções para a realização de biópsia.

Dual plane ou plano duplo – Essa técnica surgiu para unir as principais vantagens das técnicas mais utilizadas (Subglandular e submuscular), neste caso o músculo cobrirá as regiões que a prótese pode ser tornar visível, impede que o músculo movimente a prótese a prótese tem a tendência de seguir a queda natural das mamas, dando um aspecto mais harmonioso para o implante.

Localização da Incisão para Colocação da Prótese

Este é outra parte importante da cirurgia de prótese de mama, por onde o silicone será inserido na mama. Existem 3 opções:

Incisão Periareolar – Como o nome sugere, a incisão é feita na aréola, é indicada para pacientes que precisam fazer algum reparo nessa região, aproveitando uma única incisão. A cicatriz fica quase imperceptível e quanto mais clara a pele, menos a cicatriz irá aparecer. Em alguns casos pode dificultar a amamentação, por isso não é recomendada para mulheres que desejam ser mães no futuro.

Incisão Inframamária – É a incisão mais realizadas nas cirurgias de implante de prótese de silicone, a cicatriz fica escondida abaixo da mama, facilita a colocação do implante devido ao fácil acesso a região onde será colocada a prótese.

Incisão Axilar – Nesta técnica a incisão é feita na região axilar, logo acima das mamas, a cicatriz fica mais distante do seios, é necessário criar túneis para chegar até o local exato para o implante.

A soma é o que torna o Resultado da Cirurgia mais próxima do Ideal

O mais importante na cirurgia plástica é entender a anatomia da paciente como um todo, uma prótese ficará bonita em uma paciente porque conseguimos analisar o todo, o conjunto do corpo, desta forma o resultado fica natural e esteticamente bonito.

Cirurgia Plástica em Marabá